sexta-feira, 30 de maio de 2014

Scania Retarder

Retarder é o freio hidráulico que equipa os caminhões e ônibus Scania, trabalha com alta pressão do óleo, instalado na saída da caixa de câmbio, freia o veículo sem precisar utilizar o freio de pedal, trazendo economia das lonas ou pastilhas de freio.
Lançado em 1993 na Europa, chegando no Brasil em março de 1998 com a série 4, sendo a 1ª geração: com 3000 Nm (306 mkgf) de torque. Contava com 5 estágios, pesando cerca de 120 kg, reservatório de óleo com 5 litros, realizando troca entre 60.000 e 120.000 km
A 2ª geração surgiu em setembro de 2011 com a chegada da série PGR, o formato do equipamento mudou, a alavanca de acionamento também e ficou mais forte, 3500 Nm (357 mkgf)
O uso correto deve ser em pisos aderentes, não se usa em piso escorregadio por segurança, para evitar deslizes do cavalo, e o giro ideal é a partir de 1800 rpm pois proporciona boa circulação do líquido de arrefecimento, este ajuda a resfriar o mesmo, sendo o mesmo utilizado no radiador; e é justamente esta questão que incomoda muitos motoristas e frotistas, pois alegam o super aquecimento do Retarder.
Atualmente a ZF tem um produto similar, o Intarder e equipa o Iveco Stralis por exemplo, e o Volvo FH16 750 8x4, além do VEB, conta com um freio semelhante ao Retarder também.

1ª geração contava com 872 hp

Item opcional, na faixa dos R$ 20.000,00

Arrefecimento da 1ª geração

Arrefecimento da 2ª geração

As alavancas da 1ª e 2ª geração.