sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Comparativo: Volvo FH16 750 x Scania R730


FH750 x R730

Em primeiro lugar é preciso explicar algumas coisas:

1) Volume do motor, no caso do FH750 são 6 cilindros em linha, os pistões tem diâmetro de 144 mm enquanto o R730 tem 8 cilindros em V, com diâmetro de pistões de 130 mm. Calculando o volume deles chega-se a 864 mm para o FH e 1040 mm para o Scania;

2) Curso do pistão, o FH com seu motor D16G tem 165 mm contra 154 mm do DC16 do R730

3) Cilindrada, o FH tem 16.100 cc contra 16.400 cc do Scania R730

4) Torque, o FH tem 362,24 mkgf contra 357,14 do Scania, diferença de 5,1 mkgf ou 1,43 %

5) Motor V8 conta com 5 mancais no virabrequim, enquanto o i6 (6 cil. em linha) possui 7.


Muitos não entendem sobre arquitetura de motores e sai criticando este ou aquele, o fato é que Scania aposta em V8 e Volvo afirma num 6 cilindros em linha, com curso de pistão maior e diâmetro também maior, nisso se equipara ao V8.

No D16 da Volvo já tiraram muita potência sem abrir as camisas, agora com 750 hp, será que consegue-se extrair mais? Até mesmo um motor 12 litros se extrai 1.200 hp, mas a vida útil diminui drasticamente. A Scania por sua vez vez, abriu o bloco em 800 cc a mais e indica que vem mais upgrade, já se cogita o 780 hp.

E vamos salientar: potência num caminhão é algo secundário, o que manda mesmo é torque, afinal caminhão é ferramenta de trabalho e não carro de passeio. São ótimos produtos, depende agora do gosto do freguês.